Vídeo Aula: Introdução aos Verbos em Japonês

Neste artigo, faremos uma breve introdução aos verbos em japonês. Você aprenderá como eles funcionam e receberá também algumas dicas de como aprendê-los.

Antes de tudo, lembre-se que a sua grande missão é compreender a maior quantidade de japonês possível. Quanto mais você compreender, melhor você falará. Não utilize o conteúdo desta aula para tentar formar suas próprias frases, e sim para interpretar mais os conteúdos originais em japonês.

(Caso você esteja começando totalmente do zero, fique a vontade para explorar este material sem compromisso e aprender algumas informações, mas o ideal que é você dê o primeiro passo aprendendo o HIRAGANA, um dos alfabetos do japonês.)

Forma de Dicionário

No português, utilizamos o termo infinitivo para nos referirmos ao nome do verbo.

Por exemplo: estudar, vencer, aprender.

Nos verbos em japonês, não existe o modo infinitivo, e sim um modo equivalente, chamado Forma de Dicionário. Este é o nome do verbo, a forma com que você encontrará no dicionário.

Exemplo: No dicionário, você não encontra a palavra cantei ou cantando, e sim cantar.

O mesmo vale para o japonês. Nos dicionários, você encontrará os verbos em japonês na forma de dicionário!

Vamos utilizar como exemplo o verbo 勝つ (かつ | katsu), que significa “ganhar”. No dicionário, encontramos a seguinte definição:

Definição de Verbo em Japonês no Dicionário(O exemplo acima foi retirado do Goo Dictionary)

Na imagem acima, você pode ver a definição do verbo. O ponto é que ele está na chamada Forma Dicionário.

Um verbo em japonês na forma de dicionário é também afirmativo e presente (ou futuro, dependendo do contexto).

Ou seja, diferente do infinitivo do português, em que o verbo fica sem tempo algum, na forma de dicionário, o verbo está também no afirmativo e no presente.

Alguns verbos em japonês de exemplo

A lista abaixo contém alguns verbos em japonês. Todos estão na forma de dicionário:

  • 行く (いく | iku)
  • 走る (はしる | hashiru)
  • 戦う (たたかう | tatakau)
  • 寝る (ねる | neru)
  • 食べる (たべる | taberu)
  • 教える (おしえる | oshieru)
  • 休む (やすむ | yasumu)

Por estarem na forma de dicionário, estão também em no afirmativo e no presente, podendo também estar no futuro, dependendo do contexto da sentença que aparecem.

Frases de exemplo utilizando verbos

Vejamos então algumas frases de exemplo que utilizam verbos na forma de dicionário. Todos os verbos que aparecerem nas frases abaixo, apareceram na lista acima.

  • 戦士戦う。 (senshi ga tatakau)
    O guerreiro luta.
  • 赤ちゃん寝る。 (akachan ga neru)
    O bebê dorme
  • 先生教える。 (sensei ga oshieru)
    O professor ensina.

Você deve ter percebido que, em todas as frases, há uma letra em destaque (no caso, negrito). Estas letras são uma partícula!

(Caso ainda não tenha sido introduzido as partículas, recomendo que veja o artigo anterior, onde falamos sobre as primeiras frases do japonês)

No caso destas frases, aparece a partícula が.

A partícula が (ga)

A partícula が indica quem realiza a ação.

Para exemplificar, vamos pegar uma das sentenças da lista acima:

  • 戦士戦う。 (senshi ga tatakau)
    O guerreiro luta.

O verbo em questão é 戦う (たたかう | lutar), ou seja, esta é a ação.

Mas quem realiza esta ação? Quem, no caso, “luta”?

Simples, a palavra que está antes da partícula が (ga), que no caso é 戦士 (せんし | senshi). Ou seja, o guerreiro.

Os verbos em japonês no negativo

No japonês, para passar uma frase para o negativo, não inserimos a palavra “não”, como no português. Por exemplo, no português, para passar a frase “Eu estudo japonês”, basta inserirmos o “não”, ficando “Eu não estudo japonês”.

Já no caso do japonês, nós temos que alterar diretamente o verbo. Todos os verbos possuem uma forma negativa.

Neste artigo, não entraremos em detalhes no processo de passar o verbo para o negativo, vamos apenas mostrar as sentenças anteriores no negativo. O importante é você notar que, quando no negativo, os verbos vem com a terminação “ない (nai)”.

  • 戦士戦わない。 (senshi ga tatakawanai)
    O guerreiro não luta.
  • 赤ちゃんない。 (akachan ga nenai)
    O bebê não dorme
  • 先生教えない。 (sensei ga oshienai)
    O professor não ensina.

A partir de agora, sempre que você ouvir algo em japonês terminado com ない (nai), você já pode presumir que é algo que está no negativo :)

Os verbos em japonês no passado

Da mesma forma, os verbos em japonês podem aparecer no passado. A principal característica é que o verbo sempre terminará com a letra た (ta).

  • 戦士戦った。 (senshi ga tatakatta)
    O guerreiro lutou.
  • 赤ちゃん寝た。 (akachan ga neta)
    O bebê dormiu.
  • 先生教えた。 (sensei ga oshieta)
    O professor ensinou.

Ainda tem mais…

Ainda há muito mais sobre os verbos. O objetivo deste artigo foi passar uma introdução aos verbos, para que você comece a identificá-los quando escutar e ler coisas em japonês.

Os verbos podem, por exemplo, estar no passado-negativo, dizendo que uma coisa não aconteceu.

Podem estar também no modo formal, uma vez que no japonês há diferenças entre as formas formais e informais de se falar. Todos os exemplos apresentados aqui estão no modo informal.

O que fazer agora?

Tente identificar verbos nas coisas em japonês que você escutar e ler. Isto ajudará você a aumentar o seu grau de compreensão do japonês. Tente identificar também a partícula が (ga), que foi explicada neste artigo. Ao identificá-la, você já está apto a concluir que a palavra que vem antes, é quem realiza a ação da frase em questão.

Deixe seu comentário!

Deixe o seu comentário dizendo o que achou. Cadastre-se também em nosso site para ser informado sobre as novas atualizações :)

Últimos comentários
  1. Alessandra Takafuji 22 de maio de 2015
    • Luiz Rafael 22 de maio de 2015
  2. Maria Apparecida 22 de maio de 2015
  3. Maria Apparecida 22 de maio de 2015
  4. calmone bezerra leal suzuki 26 de maio de 2015
  5. mayumi miyata 8 de junho de 2015
  6. denilson 9 de junho de 2015
    • Luiz Rafael 11 de junho de 2015
      • denilson 12 de junho de 2015
  7. Amanda 12 de junho de 2015
  8. Keller Kazuhiro Takeda 13 de junho de 2015
  9. Iuri Martins 3 de julho de 2015
  10. Mamninin 17 de julho de 2015
  11. Kimi 19 de julho de 2015
  12. ダニエル 9 de agosto de 2015
  13. Rachel 10 de agosto de 2015
  14. Felipe Cassiano 3 de outubro de 2015
  15. Samara 22 de outubro de 2015
  16. Rafael 5 de abril de 2016
  17. miqueline 16 de julho de 2016
    • +- otaku 4 de janeiro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *