Kanji – O que é e como você deve aprender

Aprender Kanji

Vamos falar sobre kanji!

Sempre gostei de buscar formas eficientes de se aprender algo, por isso, quando vi que eu não estava tendo resultados satisfatórios em aprender a escrita japonesa, comecei a testar inúmeros métodos e perspectivas diferentes, afinal, eu só via pessoas dizendo que demora 9 anos para aprender todos os kanjis.

Talvez você esteja descobrindo sobre a língua japonesa e chegou até este artigo para entender um pouco mais sobre kanji. Talvez você já saiba o que eles são, mas ainda tem dúvidas sobre seu aprendizado, ou talvez você já esteja estudando e não esteja satisfeito com os resultados. Para todos estes três casos, este artigo será útil e poderá lhe dar uma nova perspectiva.

Ainda bem que eles estavam errados…

Neste artigo, vou compartilhar um pouco sobre os conceitos básicos de kanji e no final, sobre seu aprendizado.

O que é kanji?

Dos três sistemas de escrita utilizados no japonês, o kanji é o último a aprendermos e o mais interessante. Observando um texto em japonês, podemos reconhecer os kanjis como as letras mais elaboradas (as famosas “casinhas”), apesar de também existirem kanjis extremamente simples.

Os kanjis tiveram origem na China há milhares de anos atrás e parte deles foram trazidos ao Japão por volta do Século IV, passando assim a fazer parte do sistema de escrita japonês. Vale lembrar que, por mais que aos olhos de um leigo o japonês e o chinês pareçam semelhantes, as semelhanças param por aqui..

A característica mais marcante do kanji é o fato de cada símbolo possuir um significado único. Cada símbolo representa uma ideia.

  • 愛 – Kanji que significa amor
  • 学 – Kanji que significa estudos
  • 鳥 – Kanji que significa pássaro
  • 平 – Kanji que significa paz

Como funcionam os kanjis e como são utilizados?

Na escrita japonesa, grande parte das palavras são escritas em kanji. Eles se misturam com os outros dois sistemas de escrita (hiragana e katakana) e assim os textos em japonês são formados. Cada kanji possui algumas formas com que pode ser lido, sendo que dentro das palavras, eles sempre possuem uma leitura única.

Veja um exemplo:

  • 大きい – Grande (OOKII)
  • 大学 – Universidade (DAIGAKU)

Na primeira palavra, o kanji 大 é lido como “OO”. Note que ainda faz parte a mesma palavra os hiraganas きい. Já na segunda palavra, o mesmo kanji é lido como だい. Seu significado nunca muda, mas o que importa no fim das contas é o significado da palavra na qual ele está sendo utilizado.

kanji-na-pratica

Uma placa de aviso em japonês, onde os kanjis são utilizados para escrever palavras.

Basicamente, os kanjis são utilizados para escrever palavras, nada mais do que isso. Grande parte das palavras em japonês são escritas utilizando dois kanjis. Algumas são formadas por um só, algumas por três, outras por quatro e assim por diante. Este é o erro número um dos métodos de estudo de japonês, no que diz respeito a kanji: Eles focam mais nas informações isoladas do kanji do que no seu uso prático, no caso, as palavras.

Quantos kanjis existem?

Não existe um número exato para falarmos. Na China, dezenas de milhares de kanjis foram criados em regiões diferentes e em épocas diferentes (lembre-se que os meios de comunicação eram mais arcaicos). Depois, milhares de kanjis chegaram ao Japão em épocas diferentes e regiões diferentes. Logo, não há como responder com precisão a pergunta “quantos kanjis existem”.

O que podemos responder é “Quantos kanjis são usados no Japão nos dias de hoje?”.

Para organizá-los, o Ministério da Educação do Japão selecionou os chamados de Kanjis de Uso Diário (常用漢字【じょうようかんじ – Jouyou Kanji】). Basicamente, são os ideogramas em que se constatou serem os mais utilizados no japonês moderno. Para qualquer palavra que utilize um kanji que não faz parte desta lista, fica a recomendação para o autor inserir a maneira com qual ela deve ser lida, utilizando o alfabeto hiragana em cima de cada kanji.

Uma palavra em kanji com a maneira com que eles devem ser lidos em cima, prática chamada de "furigana"

Uma palavra em kanji com a maneira com que eles devem ser lidos em cima, prática chamada de “furigana”

Você pode ver uma lista dos Kanjis de Uso Diário clicando aqui.

Hoje, o número de kanjis de uso diário está em 2136 símbolos. Uma boa notícia é que você não precisa saber todos para ler e usufruir do japonês. Muitos deles são raros e aparecem apenas em textos com um vocabulário muito específico. Há uma estimativa que, com apenas 1080 kanjis, é possível ler mais de 80% do conteúdo do japonês. Com o método adequado, isso pode ser aprendido em questão de meses.

O kanji e o aprendizado de língua japonesa

Sendo o kanji uma barreira que separa aqueles que sabem japonês dos que não sabem, sempre me dediquei muito a estudar métodos de aprendizado de kanji, buscando uma forma em que pessoas possam atingir um grau de funcionalidade no japonês o mais rápido possível.

Digo isso porque considero que é importante atingir logo um nível onde se possa aproveitar o japonês, ou seja, ler livros, websites, mangás e revistas. Afinal, era isso que eu queria e é isso que a maioria dos estudantes querem. Caso este nível demore muito para chegar, é comum o estudante sentir-se desmotivado e acabar desistindo.

A palavra "sucesso" escrita em kanji

A palavra “sucesso” escrita em kanji

Dentro do ensino de língua japonesa para estrangeiros (ou seja, para brasileiros), o kanji é um caso controverso. A maioria dos métodos, materiais e professores de japonês tentam ensinar kanji da mesma forma que se é ensinado para os japoneses na escola, o que é um grande erro, uma vez que a realidade do estrangeiro que vive fora do Japão é completamente diferente de uma criança japonesa que está imersa ao japonês desde que nasceu. A falta de resultados faz com que muitos alunos acabem desistindo do japonês.

Se você pesquisar um pouco, é possível encontrar lugares (e pessoas) dizendo que demora-se de 7 a 10 anos para dominar o kanji. Se você ouvir isso, eu peço que não acredite. É possível resolver isso mais rápido.

O assunto “aprender kanji” é grande o suficiente para aulas completas, mas para resumir, os erros mais comuns, e que você deve evitar ao estudar japonês, são:

  • Gastar horas e horas copiando kanjis em folhas quadriculadas
  • Gastar tempo decorando informações isoladas de cada kanji (formas de ler, número de traços etc)

Após testes e experiências com alunos, hoje posso afirmar que é possível estar apto a ler conteúdo em japonês pleno (que utilize kanjis), em um tempo que varie de 8 a 12 meses, desde que siga estritamente o método proposto. Todo o meu curso, o Programa Japonês Online, é baseado neste método, fazendo com que você possa usufruir de conteúdo original, em japonês, o mais rápido possível.

Para aprender kanji com eficiência, você precisa seguir 4 princípios:

  • Abra mão temporariamente da caligrafia, aprenda primeiro a ler
  • Foque sempre nas palavras, não em informações isoladas dos kanjis
  • Utilize um aplicativo de Sistema de Repetição Espaçada
  • Utilize dicionários online de rápida pesquisa, como o Rikai-chan

Aprender kanji é possível ,e isso pode ser feito rápido!

E você, já está aprendendo kanji? Está estudando da maneira eficiente ou da maneira tradicional? 

Para finalizarmos, gostaria de deixar como mensagem que você não se assuste com os kanjis e não ache que isto lhe impedirá de aprender japonês em um tempo satisfatório.

Últimos comentários
  1. DAVID WILSON 12 de janeiro de 2015
    • Meg 17 de abril de 2015
    • Sophia Kobayashi 28 de outubro de 2015
      • Luiz Rafael 29 de outubro de 2015
  2. Alan 17 de janeiro de 2015
    • Luiz Rafael 21 de janeiro de 2015
  3. Gustavo 20 de janeiro de 2015
    • Luiz Rafael 21 de janeiro de 2015
  4. Sandra Regina 23 de janeiro de 2015
  5. Leandro Kelly 25 de janeiro de 2015
  6. Hemilly 1 de fevereiro de 2015
  7. Giu 3 de fevereiro de 2015
  8. João Scruvikld 9 de fevereiro de 2015
    • Luiz Rafael 12 de fevereiro de 2015
  9. Lucelia 28 de fevereiro de 2015
    • Luiz Rafael 28 de fevereiro de 2015
  10. Alex Cristian da Cruz 9 de abril de 2015
    • Luiz Rafael 10 de abril de 2015
  11. Gabriel 17 de maio de 2015
    • Anderson 12 de junho de 2015
  12. Anderson 12 de junho de 2015
    • Luiz Rafael 13 de junho de 2015
      • Valdir Júnior 4 de fevereiro de 2017
  13. anderson 13 de junho de 2015
  14. valdemberg Falcão 11 de agosto de 2015
  15. edoron'enrike toujoū 22 de setembro de 2015
  16. Edson henrique 22 de setembro de 2015
  17. Mariana Assis 28 de setembro de 2015
  18. Luiz Felipe 29 de setembro de 2015
  19. Maysa Martins 11 de novembro de 2015
  20. Higor Vinícius 16 de janeiro de 2016
  21. gabi 27 de fevereiro de 2016
  22. Rapha Leão 15 de junho de 2016
  23. Kely 4 de julho de 2016
  24. Sandra 25 de agosto de 2016
  25. Matheus Ferreira Rocha 5 de setembro de 2016
  26. Brenda 6 de setembro de 2016
  27. Mariana 28 de setembro de 2016
  28. Felipe Moraes 29 de setembro de 2016
  29. Nick Zahra 2 de fevereiro de 2017
  30. NILSON DE SOUZA APPEL 15 de fevereiro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *